O que é Gestão por Competências? Pra que serve? Por que utilizar?

A Gestão por Competências consiste em observar, desenvolver e prover pessoas capacitadas para a realização de atividades.

A Gestão por Competências deve detectar as competências que são importantes para a realização das atividades de uma função/cargo, isto é, as competências que um funcionário deve possuir para exercer bem uma determinada função.

O que são competências? São um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) expressos por uma pessoa. São um conjunto de capacidade/aptidão técnica e comportamental que um indivíduo possui. Portanto, para gerir as competências das pessoas, é necessário observá-las por meio de comportamentos, avaliá-las dentro de padrões mensuráveis e desenvolvê-las por meio de um processo de treinamento e aprendizagem.

Mas qual o propósito de se monitorar e gerir competências? A Gestão por Competências permite que as organizações planejem seu futuro, alinhando os objetivos e estratégias do negócio com as competências essenciais para o seu desenvolvimento e operacionalização. Ela permite que as empresas analisem rapidamente os pontos fortes e fracos de seus funcionários. Assim, é possível priorizar o desenvolvimento de competências mais relevante para o negócio da organização e necessárias para o alcance de seus objetivos.

Os principais benefícios que a Gestão por Competências promove são: a melhoria do nível de motivação e produtividade dos trabalhadores; adequação dos funcionários às funções/cargos, isto é, a pessoa certa no lugar certo; o desenvolvimento mais rápido das competências dos colaboradores; e o aumento da satisfação dos clientes.

Para que a Gestão por Competências promova transformações permanentes no ambiente corporativo, ela deve estar baseada num ciclo contínuo de desenvolvimento, isto é, os indivíduos devem estar em constante treinamento nas competências essenciais para o crescimento e avanço da organização.

O ciclo básico da Gestão por Competências pode ser resumido em quatro fases:

1- Mapeamento: identifica as competências necessárias para garantir a competitividade da organização e a adequação do perfil dos colaboradores ao perfil exigidos pelas funções/cargos.

2- Avaliação: analisa se o nível de proficiência dos funcionários em relação a cada competência necessária para a boa execução das atividades da função está adequado.

3- Desenvolvimento: promove a aprendizagem e treinamento das competências cujos níveis de proficiência encontram-se abaixo das necessidades técnicas e comportamentais exigidas pela função/cargo.

4- Monitoramento: Verifica constantemente os efeitos que o processo de desenvolvimento produziu e inicia novamente o ciclo da Gestão por Competências.

Postado por: Ricardo Mendes
www.gestaoporcompetencias.com.br

Artigos Relacionados:


Categoria: Artigos

One Response so far.

  1. suenen disse:

    muito bom

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube

Sponsors

  • Sebrae SP
  • Ciesp
  • Gestão por Competências
  • Gestão por Competências

Popular Posts

O que é Gestão por

Para definir o que é Gestão por Competências é necessário ...

Entrevista Comportam

A entrevista é uma ferramenta de muita credibilidade em todo ...

Jogos para Seleção

O jogo utilizado em seleção é popularmente conhecido como “Dinâmica ...

Os desafios enfrenta

Introdução Com o advento e evolução da tecnologia, dos ...

Jogo dos Elos

Objetivo: Trabalho em equipe com ênfase na participação, integração e comprometimento ...